Protetor de Animais – Mitos e Verdades!

Mitos e verdades que você precisa saber antes de pedir “ajuda” a um protetor:

 

-Não existe “Associação de Proteção Animal”. Ao menos não é da maneira que você pensa que seja. Existem abrigos, e sem exceção todos eles estão lotados, com animais presos, em canis superlotados, confinados. A fome rondando a porta.
A falta de recursos como moradora… O governo não ajuda esses locais.
O Bill Gates não ajuda esses locais.
É com dinheiro como o SEU que estes locais são mantidos. Dinheiro que precisa ser ganho de alguma forma. Ele não cai do céu. Portanto esse local “mágico” só existe no seu imaginário. Se houvesse tal lugar, não haveriam bichos jogados na rua.

O único local que coleta TODOS os animais que você solicitar é o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) ou se você preferir, o nome popular: CARROCINHA.
São recolhidos aqui, ali, acolá, nas pequenas e grandes cidades e são “eutanasiados” em 3 dias. Eutanásia é um nome bonitinho para EXTERMÍNIO,ABATE e SACRIFÍCIO. Depois os corpos são levados para um aterro, VALA COMUM, entende?

 

- “Alguém teria um espacinho? Eu dou a ração”!
Espacinho pode ser a sala da sua casa!!!! Que tipo de casa você pensa que vive um protetor? Diferente da sua????? O cachorro faria sujeira e bagunça na sua casa? Ele faz na minha também!  Seu marido não gosta? O meu também não!
Você tem filhos? Eu também! Eu sou um ser humano igualzinho a você, não tenho super poderes… E não é só de ração que vive um bicho.
Precisam de remédios, de panos para deitarem, de produtos de limpeza,viverem num ambiente sadio, precisam de banhos, de remédios para pulgas, de água para lavarem onde vivem, de alguém que cuide deles… E DE TEMPO e PACIENCIA!
De onde você tira que seu tempo é mais precioso que o meu???

 

- Protetor não tem problemas!?
Antes de pedir QUALQUER FAVOR a um protetor, leia isso…

 

- Tenho família, meus parentes adoecem, minha filha vai a escola, eu vou ao mercado, eu gosto de ter uma casa limpa e arrumada…  Eu sou igual a você, com a diferença que eu ponho a mão na massa enquanto você põe a mão na cintura.
Se for pedir para um protetor te “ajudar” com um bicho, lembre-se que ele está ajudando VOCE; VOCÊ que viu o animal.

Todo protetor já tem em media 5 a 10 animais em casa. Será que é justo você persuadir, insistir, apelar emocionalmente para que essa pessoa leve mais um para casa? Um que vai criar desequilíbrio, brigas, latidos, problemas com vizinhos….
Você pensa quem é que vai pagar a conta do veterinário? Ou acha que protetor tem isso de graça também???

Leve VOCÊ o bicho para a sua casa! Impossível que você não tenha um “espacinho”, um “cantinho”…  E não me venha com essa historia de não posso porque isso ou aquilo. Quando a gente quer, sempre pode. Levamos a vida passando por desafios e ultrapassando limites. Se você realmente quiser você pode! Não empurre seu problema para mim! Não empurre para outro protetor!

Se ainda assim pedir ajuda a um protetor, lembre-se que aquele animal é SUA RESPONSABILIDADE ENQUANTO ELE VIVER e não só nos dois primeiros meses. Ele deve ser sua primeira obrigação, e não “se sobrar uns trocos do seu salário”.
É obrigação, responsabilidade para sempre!
Doar esse animal para uma boa família deve ser sua meta e objetivo de vida!

Esse protetor deve receber tudo que solicitar para o animal, desde alimento (não seja mesquinho, a ponto de calcular quanto o bicho come… se acha que o safado sem vergonha do protetor está “desviando sua ração” leve ele para sua casa e controle pessoalmente) remédios, vacina, castração, banhos e tudo mais.
Tudo por sua conta. Sem chorar, demorar ou reclamar.

Outras considerações:

- Carro de protetor:
Suja e fede se o bicho vomitar, urinar ou defecar IGUALZINHO O SEU.
Quem disse para você que protetor gosta de ter bancos rasgados e cobertos de pelo?Também gasta combustível, óleo, manutenção, igual o seu.
- Fins de semana, feriados e direito a descanso. Nós também gostamos e precisamos. Feiras de adoção são cansativas. Vá você também ajudar levar seu animal para doar, limpar coco e agüentar adotante sem noção. Lembre-se, o interesse de doar deve ser seu acima de tudo!

Se você não tem dinheiro, não tem carro, não pode dar ração, não pode pagar tratamento, não tem tempo para ir a feiras, não pode fazer uma rifa para bancar, não pode pagar hotel, não pode levar no seu carro, não pode levar para sua casa, ou para a casa da sua tia, não pode buscar adotantes, não pode ser voluntário, não pode doar NADA DE VOCÊ em prol da causa, faz um favor? SAI FORA!
Pare de empurrar novos casos para as listas, apelando para o nosso emocional, já tão abalado por tantos problemas. Se vira, engole em seco!

 

Tem milhares de animais abandonados pela cidade. Não podemos salvar todos. Não repasse mais um problema.

Nós sabemos bem quem trabalha na causa e está no sufoco no momento e quem só joga bomba para os outros resolverem. Não somos bobinhos. Nos conhecemos, nos ajudamos. Sabemos quem é quem aqui, pode ter certeza.

Provavelmente você não sabe disso, mas a porcaria do e-mail
chantagista que você passou jogando um caso na lista,TIRA O MEU SONO, TIRA MINHA PAZ. A minha e de todos os protetores da lista.
A gente fica mal, se deprime… Não repasse mais, não peça mais!

Se não pode fazer NADA por esse bicho, depois de ler tudo que escrevi, ao menos tenha a decência de se calar.


Por: Fernanda Garcia- em 26/11/2007

Voluntária da proteção animal

Instituto Ambiental ECOSUL – Florianópolis/SC

www.ecosul.org.br

 

 

 

Esta entrada foi publicada segunda-feira, outubro 22nd, 2012 às 8:35 dentro de Nosso Trabalho, Notícias, Voluntários. RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.