Mês: Maio 2014

Home / 2014 / Maio
29 de Maio de 201429 de Maio de 2014
Post

Crueldade: animais abandonados no abrigo da Viva Bicho

Esses são alguns dos animais abandonados apenas no inicio desta semana no abrigo da Ong Viva Bicho, uma família inteira (mãe e filhotes), que infelizmente vieram a óbito, pois todos estavam com cinomose, ninhadas com filhotes de poucos dias de vida e adultos amarrados no portão. Atos cruéis e desumanos, de pessoas que não possuem...

29 de Maio de 201429 de Maio de 2014
Post

Cuidados com o frio: problemas de coluna podem se agravar

Quem nunca ouviu falar de hérnia de disco e bico de papagaio? Assim como nós, cães e gatos acometidos por estes problemas tendem a sofrer mais no outono e no inverno. Conforme as temperaturas caem, animais com problemas na coluna, artrites e artroses tendem a ter uma significativa piora do quadro clinico com exacerbação dos...

15 de Maio de 201415 de Maio de 2014
Post

Muito obrigada Grupo Thá

De 16 a 27 de abril aconteceu a mostra de decoração de alto padrão no empreendimento Reserva Camboriú Yacht & Golf – condomínio residencial do Grupo Thá em Camboriú. A mostra contou com diversas atrações paralelas como test-drive de carros de luxo, encontros gastronômicos, desfiles, clínicas de beleza e estética, etc. A Viva Bicho foi...

9 de Maio de 20149 de Maio de 2014
Post

Cães resgatados com sarna avançada

No início do mês de maio, foram resgatados pela  Ong Viva Bicho, 3 cães adultos e mais recentemente, no dia 08/05 uma mãezinha com três filhotes em estado lastimável, desnutridos e com sarna. É muito indignante ver o estado em que estes cães se encontram, tendo em vista em primeiro lugar que geralmente afecções de...

5 de Maio de 20145 de Maio de 2014
Post

Cães podem realmente amar

Pesquisadores afirmam que animais domésticos realmente amam seus donos. Experimentos descobriram que os animais também liberam oxitocina – o mesmo “hormônio do amor” que em seres humanos cria laços e vínculos nos relacionamentos. A oxitocina é liberada em nosso organismo em diversas situações sociais e os nossos corpos a produzem em altas concentrações durante interações...