Higiene bucal para cães: como evitar mau hálito e outras doenças

Pensa rápido! Qual foi a última vez que você escovou os dentes do seu cachorro? Se a resposta demorou para vir a sua cabeça, não é um bom sinal. Os cães possuem as mesmas necessidades de atenção à higiene bucal que os humanos e negligenciá-las pode levar a problemas à saúde dele.

Verificação periódica, materiais para escovação corretos, hábitos de examinação…Tudo isso pode até parecer uma tarefa desafiadora, mas com as dicas que separamos, a higiene bucal do seu pet vai ser feita de maneira prática e perfeita. Confira!

Acostume o seu cachorro aos procedimentos bucais

A maior parte dos cachorros não gostam de serem tocados na boca, ainda mais quando o procedimento é invasivo. Por isso, é importante mostrar para eles que é normal ter alguém examinando essa área.

Faça esse processo aos poucos: primeiro toque os lábios, depois, conforme o cachorro for acostumando, levante o lábio abrindo o focinho e tocando os dentes, sempre com muito cuidado e respeitando o tempo do seu pet. Nunca force os limites do seu animal.

Escolha os materiais apropriados

Uma boa higiene bucal exige uma escova para cachorro e creme dental de uso canino. É possível encontrar muitos modelos, assim como “sabores” para as pastas.

Na hora de escolher a escova para cachorro, considere:

  • Sensibilidade oral do animal;
  • Facilidade de manuseio;
  • Tamanho dos dentes;
  • Adaptação do pet com a escova para cachorro.

Já no caso do creme dental você pode optar por aquela que mais lhe convém (ou ao seu cachorro). As opções aparecem em sabores como “carne” e “frango”.

Faça a escovação de forma periódica

A melhor forma de evitar doenças bucais nos bichanos é fazer a prevenção através da escovação. Ela deve ser feita pelo menos uma vez por semana com a escova para cachorro adequada. A escovação também pode ser realizada todos os dias, caso deseje.

Uma boa escovação irá retirar as bactérias antes que elas se transformem em placas que podem prejudicar não só os dentes, mas também a gengiva do cachorro.

Fique atento a qualquer alteração

Uma vez que se realizar a escovação semanal é importante ficar atento a qualquer sinal de alteração nos dentes ou na gengiva. Caroços, lesões ou qualquer outro tipo de machucado percebido deve ser levado para o veterinário examinar. Lembre-se que até mesmo sintomas como respiração ofegante e falta de apetite podem ser causadas por doenças bucais.

Mesmo que manter a higiene bucal do seu cachorro possa não parecer uma tarefa fácil a princípio, ela se torna mais prática com o passar do tempo e sua normalização na rotina do cachorro. A escovação faz parte do conjunto de ações que irão manter o bem-estar do seu pet, ajudando-o a se manter saudável por mais tempo ao seu lado!

escova-para-cachorro-2

Esta entrada foi publicada terça-feira, setembro 26th, 2017 às 7:24 dentro de Curiosidades, Notícias. RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.