Faz mal dar leite para o gato?

Faz mal oferecer leite para o gato de estimação? Gatinhos recém-nascidos devem consumir leite de vaca? 

 

Cães e gatos são mamíferos. Isso significa, entre outras coisas, que os filhotes se alimentam, por um certo tempo, exclusivamente do leite produzido por suas mães. Entretanto, há uma diferença muito importante na composição do leite produzido por cada espécie de mamífero e, mais que isso, mamíferos têm seu metabolismo adaptado com enzimas digestivas para aproveitar o leite apenas quando são filhotes. Então, podemos dizer que é um erro grande, mas bastante comum, os proprietários fornecerem leite de vaca para cães e gatos adultos e filhotes. Especificamente no caso do leite de vaca, como ele é produzido por um animal herbívoro, é muito rico em açúcares (lactose) e pobre em proteínas e gorduras para um carnívoro, como o cão ou o gato. Por isso, podemos observar diferentes problemas em cães e gatos alimentados com leite de vaca.
Os principais são:

- Filhotes: por causa do alto conteúdo de lactose do leite de vaca e pequenas quantidades de gordura e proteína, filhotes de cão e gato alimentados apenas com leite de vaca podem apresentar diarreia, flatulência e desnutrição severa, o que pode levar o animal ao óbito ou a ter um crescimento prejudicado e problemas de saúde;

- Adultos: cães e gatos adultos, assim como todos os outros mamíferos adultos, produzem pequenas quantidades da enzima que digere a lactose e podem apresentar episódios de diarreia por causa do consumo de leite de vaca. Dependendo da quantidade e frequência que esse leite for oferecido, os pets podem ainda desenvolver problemas digestivos leves a severos, prejudiciais à sua saúde também.

Ao contrário do que muitos falam, o uso de leite de cabra não é a melhor opção ao uso do leite de vaca, pois não contém quantidades suficientes de proteína e gordura, e também apresenta muita lactose.

Dessa forma, a melhor recomendação para alimentação de filhotes de cães e gatos é o uso dos chamados “sucedâneos do leite”, industrializados, disponíveis no mercado, e a partir da segunda ou terceira semana de vida já iniciar a introdução de pequenas quantidades de papas feitas com ração de filhote de alta qualidade, pois minimizam-se as possibilidades de desnutrição.

Para cães e gatos adultos, a melhor recomendação é o não fornecimento de leite e o uso de um alimento completo, balanceado e de alta qualidade e adequado para as características do animal (p. ex.: idade, raça, porte).

 

Dra. Luciana Domingues de Oliveira é Médica-Veterinária com mestrado e doutorado na área de Nutrição de Cães e Gatos. É também Consultora Técnica e Científica da Royal Canin do Brasil.

Fonte: ID Medpet, disponível em: http://idmedpet.com.br/dieta-e-nutricao/faz-mal-dar-leite-para-o-gato.html

Esta entrada foi publicada quarta-feira, setembro 28th, 2016 às 9:41 dentro de Atualidades, Curiosidades, Filhotes de gato, Gatos, Notícias. RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.